projeto



Camping em Conceição do Mato Dentro


Exibir mapa ampliado


Pagamos R$15 per capta nesse Camping. O dono é muito bacana, o único problema é que esquecemos o nome dele (hahaha) em meio a imprevisto que passamos (já contamos sobre isso no final desse post sobre a Cachoeira do Tabuleiro).

Viajamos pra lá no meio de fevereiro (fora de época), e o camping estava totalmente vazio (adoramos!).

O dono fica na casa à direita da área de Camping. É só chamar lá! 😀

Camping Acampamento Acampar Conceição do Mato Dentro Cachoeira do Tabuleiro (mais…)

Poço Parí

Poço Pari, Tabuleiro Conceição do Mato DentroLocalização: Tabuleiro, Conceição do Mato Dentro, Minas Gerais
Estrada: 750m de automóvel, partindo do Centro do Distrito Tabuleiro
Trilha: +200m | Leve | A pé, bike
Características: Poço grande, familiar, simples acesso

Conhecemos esse Poço, ao voltar da entrada para a Cachoeira do Tabuleiro (contamos sobre aqui).

Poço Pari Conceição do Mato Dentro Tabuleiro

O acesso pela estrada estava um tanto comprometido em fev/2014 devido a falta de reparos. Tivemos que deixar o carro numa encosta e subir a pé até lá.

Pagamos uma taxa de R$5 por pessoa na entrada.

A trilha é levinha, apenas 200m, estruturada com corrimão em bambu e escadas feitas na terra. Neste mesmo local funciona um camping com diária no valor de R$20,00 por pessoa, mas não acampamos por lá pois o carro não subiu o morro.

Localização


Chegando lá nos deparamos com um poço maravilhoso, uma piscina redonda toda cercada de grandes pedras e uma pequena praia com cascalhos em sua beira.

Poço Pari Conceição do Mato Dentro Tabuleiro nadando

Casal Turista Poço Pari Conceição do Mato Dentro Tabuleiro

Casal Turista Poço Pari Conceição do Mato Dentro Tabuleiro

É ótimo para famílias e idosos, devido ao fácil acesso e beleza garantida.

 

Curtiu?
Tenha um ótimo dia!
(mais…)

Cachoeira do Tabuleiro

Localização: Tabuleiro, Conceição do Mato Dentro, Minas Gerais.
Estrada: 22km de automóvel, partindo do centro do município.
Trilha: ≅ 2,5km | Média/Pesada | A pé
Características: Local impressionante, Tarifa na entrada

 

Cachoeira do Tabuleiro | Mapa | MG | Conceição do Mato Dentro Cachoeira do Tabuleiro MG Conceição do Mato Dentro

 

Essa Cachoeira está localizada no Distrito de Tabuleiroaproximadamente a 20km do município Conceição do Mato Dentro. O Distrito possui poucas casas, um restaurante (que tem de reservar antes), campings e um pequeno posto de saúde. No caminho, fontes, rios e vegetação fechada complementam o visual. Chegamos lá por volta de 14h30, o que nos impossibilitou a entrada no parque que dá acesso à Cachoeira do Tabuleiro. Tivemos que retornar no dia seguinte.

A entrada só é permitida até as 14h.

Na volta passamos no Poço Pari (tem post sobre) para mergulhar um pouco. Nos hospedamos no camping (temos post sobre ele também) frente ao posto de saúde e dormimos cedo, afinal sabíamos que a trilha do dia seguinte seria pesada. Bem cedo acordamos e seguimos sentido ao parque, entrada para a Cachoeira. A estrada estava como talco, dificultou a subida em alguns trechos e cobriutodo vidro traseiro, haha.

Do centro de Tabuleiro até a Sede Administrativa (que é a entrada pro parque), são mais 2km de carro e após isso inicia a trilha a pé (linha verde no mapa a seguir).

Mapa Cachoeira do Tabuleiro MG Conceição do Mato Dentro

O parque possui uma estrutura bacana, um estacionamento médio e banheiro com chuveiro quente. Lá o celular não pega bem, oscila bastante todas as operadoras. Então antes de entrar, avise a mãe, irmãos, tios, todo mundo que você “não terá batido as botas”, só estará ausente. Na entrada, pagamos uma taxa de R$ 10,00 por pessoa e, pé na trilha!

 

A trilha

Indicamos que levem alimentos (barras de cereais, pães, sucos, alimentos leves) e ainda evitem bebidas alcoólicas! A trilha beira o despenhadeiro e a vertigem já é natural em locais assim, então álcool não combina em NADA por lá. O visual é deslumbrante!

A trilha é bem diversa, começa leve, com chão coberto de cimento e cascalho que segundo os funcionários do parque foi bancado por um pessoal gringo. Logo depois enfrentamos uma descida em “S” bem perigosa nas rochas, cheia de pirambeiras que caem lá no rio, é bem alto.

 

A hidrotrilha

Com bastante cuidado e calçados apropriados atravessamos este trecho e chegamos na hidrotrilha. As pedras são grandes, é pesado. Existem setas vermelhas pintadas nas rochas, indicando por onde continuar.

Ao aproximar da queda, o deslumbramento já é evidente. Fica inevitável não parar no caminho pra contemplar tanta beleza. A altura é de quebrar o pescoço! Lá do mirante (seguindo uma trilha anterior de 800m da entrada) é possível ver a cachoeira num ângulo bem legal, mas lá em baixo sem dúvida é muito mais show!

 

 

O Poço

Beleza, chegamos naquele poço gigante! Não tenho muita ideia de tamanho, mas acho que mais de 100m ponta a ponta. A água é escura devido a profundidade, mas ao chegar no raso em pequenas pedras, a água fica amarelada e doura com raios do sol. É incrível.

Tem várias pedras retas pra se acomodar. Aconselhamos prudência ao andar sobre elas, pois há rochas soltas e areia fofa. O volume d’água estava baixo e criava uma névoa ao cair e o mais legal é que o vento bate no paredão e refresca todo o local. O sol pela manhã fica no lado esquerdo e não ilumina bem o poço. A chuva provenientes da queda faz com que o frio domine o ambiente. Já no início da tarde, o sol começa a atingir o poço, aumentando o dourado, o calor e melhorando a iluminação do paredão. É a hora das fotos!

 

VLOG

 

Localização

O parque fecha as 17h e a administração solicita aos visitantes que retornem antes desse horário, afinal a trilha demora aproximadamente uma hora.

(mais…)

Canyon (ou racha) da Zilda

Localização: Carrancas, Minas Gerais.
Estrada: 12km de automóvel, partindo do centro da cidade.
Trilha: +825m | Média | A pé ou a nado
Características: Local INCRÍVEL. Tarifa na entrada.

Canyon da Zilda

 

É difícil descrever lugar, é maravilhoso (e misterioso)! A entrada da trilha já é linda.

Pagamos R$5 reais para o acesso.

 

Poço Sonrisal na entrada do Canyon, chegamos somente até ali.

É preciso seguir por uma hidrotrilha (e não levamos câmera, que não era a prova d’água).

Nos deparamos com travessias de rio, pequenas escaladas de  aproximadamente 2,5m de altura e  saltos em pedras. Então é imprescindível saber nadar, caso não saiba, vá com um Guia.

 

PRA ENTENDER MELHOR:

Seguimos por 825m de hidrotrilha, até a Racha da Zilda:

Mapa Canyon Racha da Zilda Carrancas MG

Nota: As fotos a seguir estão linkadas para seus autores.

Depois de subir a hidrotrilha, chegamos a um encontro de quedas. Era a Cachoeira dos Anjos à esquerda e Racha da Zilda à direita:

Cachoeira dos Anjos Carrancas MG Canyon da Zilda

Seguimos para entrar na Racha da Zilda:

Entrada Canyon da Zilda

Logo ali na entrada, existe um caldeirão com água azul que borbulha e nos assustou bastante devido ao volume de água naquele dia, o famoso Poço Sonrisal.

Poço Sonrisal Carrancas MG

E era impossível entrar! O volume de água na época em que visitamos estava altíssimo.  As pedras estavam extremamente escorregadias e era difícil manter equilíbrio de pé até nas laterais. Não conhecíamos o local, nem por fotos.. E a única maneira de entrar seria pulando no Sonrisal. Mas sem cordas ou equipamentos de segurança seria arriscar demais.

A água descia com muita força e empurrava pra baixo. Sem contar que não dava pra ver o fundo do poço. Um sumidouro! Voltamos, sem vergonha.

 

 Localização no mapa

Já em casa pesquisamos sobre o local, encontramos fontes informando que o Poço do Sonrisal tem aproximadamente 4 metros de largura e 7 metros de profundidade! Pra entrar lá, com aquele volume de água, só com Guia e equipamentos apropriados.

Poço Sonrisal Carrancas MG Racha da Zilda

Pretendemos voltar ao Canyon assim que possível.

Veja o vídeo que encontramos:

Retornamos daquele ponto um pouco decepcionados por não ter seguido, em contrapartida com um alívio pela ausência de acidentes, rs.

 

Curtimos o visual da volta com o entardecer e
seguimos de volta para o Camping, m a r a v i l h a d o s. 

(mais…)

Escorrega

Cidade: Carrancas, Minas Gerais.
Estrada: 12km de automóvel, partindo do centro da cidade.
Trilha: +300m | Leve | A pé
Características: Diversão garantida, Tarifa na entrada

O Escorrega é uma quedinha que faz jus ao nome. Se trata de uma pedra muuuito lisa e você volta a ser uma criança por ali! 

Escorrega Carrancas MG

O Escorrega fica bem próximo da entrada do Complexo da Zilda (contamos sobre ele aqui). Dá pra seguir mais 450 metros de automóvel, estacionar e pegar a trilha que entra em mais uma propriedade privada.  

Pagamos R$3 na entrada

Pra entender melhor a proximidade dos atrativos:

Mapa - Complexo da Zilda, Canyon da Zilda, Escorrega

São aproximadamente 10 metros com uma água em constante passagem, ou seja, um tobogã natural.

Escorrega Carrancas MG

É super bacana, não deixe de visitar! Mas tenha atenção ao subir pelas pedras laterais ao escorrega. Existe uma corda pra auxiliar, mas também é escorregadio, você pode cair e destruir o rosto. 

Conheça também a queda pouco acima do Escorrega, a trilha lateral leva também até ela.

 

Localização


 

Bacana demais, curtiu também?
Tenha uma ótima semana!
(mais…)

Complexo da Zilda e suas 4 quedas

Localização: Carrancas, Minas Gerais.
Estrada: 12km de automóvel, partindo do centro da cidade.
Trilha: +600m | leve | A pé ou a nado
Características: Água azul, Tarifa na entrada

O Complexo da Zilda está localizado a aproximadamente 12km de estrada de terra, partindo de Carrancas. O estacionamento fica logo a frente de um Restaurante. A partir daí, o caminho é por trilhas a pé e travessias de rios.

 

1) Cachoeira dos Índios |  localização no mapa

Fica logo na entrada do complexo. É uma queda pequena e bonita. Mas nos perguntamos se era só aquilo por ali…

Não era . Existe uma placa indicando a Queda da Zilda do outro lado do rio. Para continuar, é necessário atravessá-lo ali na Queda dos Índios.

Logo no início da trilha existe uma bifurcação, seguimos a direita.

 

2) Cachoeira da Zilda |  localização no mapa

Chegamos a Queda da Zilda com facilidade. Era  maravilhosa!  Um poço grande, com rochas onde são possíveis saltos (com muita prudência, claro!)

Depois de nadar a vontade, sentar nas piscininhas e mergulhar pelas cascatas, continuamos a trilha. Novamente é necessário atravessar esse poço grande para encontrar a próxima queda.

 

3) Cachoeira da Proa |  localização no mapa

A Cachoeira da Proa recebe esse nome, devido a uma pedra na lateral esquerda que assemelha a ponta de um navio. É uma queda menos ígreme, possuindo um poço raso.

 

3) Cachoeira Guatambuí |  localização no mapa

É um poço mais rasinho, com um visual paradisíaco!

O Complexo da Zilda foi um dos lugares que mais curtimos em Carrancas!

 

E você, Curtiu?
Tenha uma ótima semana!

(mais…)